fbpx

Investir em imóveis: segurança no futuro

O aumento da demanda por imóveis, a queda na taxa de juros, diminuição da oferta e preços estáveis nos últimos anos são indicadores de uma recuperação do setor. Se você pensa em investir, o momento é agora!

Após um período de turbulências e crises, economistas cravaram que 2018 foi o fim da retração econômica e que 2019 vislumbrará oportunidades únicas no mercado imobiliário. Em consonância com esta onda de otimismo dados importantes têm sido divulgados confirmando tais favoráveis projeções sobre o setor. De acordo com a Associação brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) somente nos primeiros quatro meses de 2019, o mercado imobiliário registrou alta de 12,2% nas vendas líquidas em comparação com o mesmo período do ano anterior e os lançamentos imobiliários cresceram 4,2% no primeiro trimestre. A Câmera Brasileira da Industria da construção (CBIC) realizou um estudo a curto prazo apontando que as vendas no mercado cresceram 19,2%. Neste cenário revela-se que este é o melhor momento para investir em um imóvel vale dos lírios. Sucesso em seus loteamentos anteriores a Meritus proporciona a oportunidade de aproveitar o melhor custo-benefício de viver bem e fazer um investimento seguro e rentável.

A queda nas taxas de juros desde 2018, possibilitou que as negociações ocorressem diretamente com as construtoras, forçando os bancos brasileiros a baixarem suas taxas. Em 2018, o Banco Central fez o maior corte de juros dos últimos 5 anos. Com as sucessivas quedas das taxas, o financiamento imobiliário se torna cada vez mais atrativo e facilitado.

Se no mercado de valores há a incerteza entre arriscar pouco e ganhar pouco ou arriscar muito e ganhar muito, o imóvel é o investimento mais seguro. Há até um ditado velho que diz “quem compra terra não erra” 

Adquirir um imóvel é uma forma segura de investir o seu dinheiro e ter retorno. Uma casa ou um apartamento é um patrimônio físico que valoriza consideravelmente, indo além de qualquer rendimento que um banco possa oferecer, por exemplo. Um imóvel pode facilmente se tornar, no futuro, uma fonte de renda — seja por meio da venda ou locação. 

João da Rocha Lima Júnior, coordenador do Núcleo de Pesquisas em Real Estate da Escola Politécnica da USP, diz que o cenário é favorável para investidores nos próximos anos, isto porque os aluguéis estão baseados em preços ainda reprimidos. “É razoável imaginar que, levemente em 2018 e mais fortemente em 2019, a demanda seja restabelecida com a retomada da economia”, diz o professor.