fbpx

Business Intelligence ganha cada vez mais espaço no mercado imobiliário

Análises de mercado apontam que empresas podem comprometer a lucratividade e serem ultrapassadas pela concorrência se não usarem tecnologia no negócio. Apesar de no século XXI essa afirmação parecer meio óbvia, afinal, ela está em praticamente tudo, com o crescimento tecnológico acelerado existem cada vez mais soluções e, diante de tantas ferramentas e plataformas específicas, qual das opções se adequa melhor à sua empresa? O Business Intelligence, chamado também de inteligência de negócios, tem se destacado em diferentes áreas, e seu uso tem aumentado bastante no mercado imobiliário, mas, afinal, o que é Business Intelligence?

Business Intelligence é uma tecnologia usada para armazenar, acessar, organizar e analisar dados para ajudar uma empresa a tomar decisões mais acertadas, onde um conjunto de técnicas e ferramentas auxiliam na transformação de dados brutos em informações significativas e, apesar desses dados virem de análises feitas por pessoas, eles são organizados em um sistema. Os relatórios gerenciais de BI descrevem situações passadas, em consultas que permitem a definição de variáveis e cruzamentos de informações de diferentes áreas da empresa. Esse tipo de cultura auxilia na otimização do trabalho, permite a redução de custos e aumenta a produtividade, além de possibilitar previsões de crescimento e contribuir para a elaboração de estratégias.

O uso do BI ganha cada vez mais espaço no mercado imobiliário, em um momento que todos estão querendo se destacar em meio à concorrência, já que pode transformar o fluxo de informações constantes em indicadores de performance, onde dados recebem o tratamento necessário para fornecerem informações valiosas para que se crie processos mais assertivos. Uma rede imobiliária, por exemplo, consegue consolidar os dados espalhados em infinitas planilhas de cada filial, cruzar as informações de todas as áreas, desde as despesas administrativas até o faturamento final, e com isso otimizar os processos internos e tornar a administração mais dinâmica.

Com todo o arsenal de informações relevantes as plataformas permitem que o mercado imobiliário consiga tomar decisões importantes, acompanhar métricas e dados do setor, ou até mesmo gerar argumentos de venda para os corretores de imóveis. Com o uso da inteligência de mercado é possível monitorar, segmentar e desenvolver diversos comparativos e análises de dados para situações como compra de terrenos, VGV médio de uma região, bairros e cidades favoráveis, liquidação de estoques, velocidade de vendas, entre outros. 

São inúmeros os benefícios que o uso da inteligência de mercado pode proporcionar após sua implementação, como: redução de tempo, redução de custos, otimização da organização, eliminação de duplicação de tarefas, fechamento contábil mais rápido, cruzamento das despesas administrativas com o faturamento, previsão de crescimento da empresa, contribuição para elaboração de estratégias, avaliação da performance dos colaboradores e equipes, melhoria da produtividade, entre tantos outros. O uso correto da combinação de ferramentas de BI feito por profissionais capacitados tem trazido cada vez mais benefícios para o mercado imobiliário.

Por Neximob